NOTÍCIAS

In:

Serviços do Posto de Saúde Rosane Collor devem ser transferidos para novo local em até 45 dias

Por Redação com Ascom Defensoria Pública do Estado de Alagoas

DSC_0046

O Município de Maceió promoverá a transferência dos serviços ofertados pelo Posto de Saúde Rosane Collor, situado no Clima Bom, para um local com estrutura adequada no prazo de 45 dias. O compromisso foi assumido pela Secretaria Municipal de Saúde (SMS) e a Coordenadoria Geral de Engenharia e Arquitetura Municipal, na manhã desta quinta-feira, 12, durante reunião realizada na sede da Defensoria Pública do Estado, na Avenida Fernandes Lima, que contou com a presença dos servidores da referida unidade de saúde.

De acordo com o coordenador geral de Engenharia e Arquitetura de Maceió, Marcos Alencar Barros, o local para onde serão transferidos os serviços é uma chácara situada nas proximidades do Posto de Saúde que, atualmente, passa por reformas para adequação às necessidades de uma unidade básica de saúde. Os serviços devem ser concluídos dentro de 45 dias.

Na oportunidade, representantes da Secretaria Municipal de Saúde (SMS) se comprometeram a tentar enviar uma equipe do Programa de Saúde da Família (PSF) para atender a comunidade local. A SMS informou, também, que em virtude da falta de subsídios disponíveis para os funcionários da unidade, por hora, a secretaria tomará a responsabilidade de preencher as informações no sistema e-SUS.

Os funcionários do Rosane Collor e representantes da engenharia e saúde municipal realizarão nova reunião, na próxima segunda-feira, 16, para discutir sobre a necessidade de adequações estruturais no local para onde o posto será transferido.

A Defensoria Pública do Estado identificou os problemas estruturais do Posto Rosane Collor no final do ano passado, durante vistoria. Na época, o coordenador do Núcleo de Direitos Coletivos e Humanos da Defensoria, Djalma Mascarenhas, oficiou a Secretaria de Saúde e o Município solicitando informações e providências. Em resposta, o Município garantiu que a reforma do local começaria em março deste ano, no entanto, até o começo deste mês, a informação passada pela SMS aos funcionários do local alegava que a mudança estava suspensa por tempo indeterminado. Fato que levou o grupo a procurar a Defensoria novamente.

Segundo os funcionários da unidade, a mudança provisória e reforma da unidade foi anunciada pela Prefeitura de Maceió em 2016. Há cinco meses, a Prefeitura alugou uma chácara para onde os serviços serão transferidos.

Diante da situação de incerteza, a Defensoria Pública convocou a reunião realizada nesta quinta-feira, que resultou no estabelecimento de novo prazo para a mudança.

A Defensoria Pública continuará acompanhando o processo de mudança e reforma da unidade.

Compartilhe:
Tags:

Comente no Facebook

Comente

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com